QUAL CAIAQUE DE PESCA (pt.II): CAIAQUE A PEDAL OU REMO?

with 4 Comentários

 

caiaque a pedal remo

Essa discussão ganha cada vez mais espaço nas redes sociais e fóruns, portanto, nós do Kayak Fishing Brasil, a trouxemos  rapidamente para que você entenda como pode conduzir seu processo de escolha do seu caiaque de pesca.

  • Compro um caiaque a remo para começar ou posso ir direto para um com pedal?
  • Qual modelo devo comprar?
  • Quais as vantagens e desvantagens de cada tipo?
  • Vale mesmo a pena investir mais dinheiro e pedalar?

Com o mercado de caiaque de pesca aquecido, muitos modelos surgem nos últimos meses e novas empresas nascem, oferecendo cada vez mais produtos. Nesse cenário, surge os tão sonhados caiaques de pesca a pedal.

Famosos por sua velocidade e rendimento, na maioria das vezes superiores aos modelos de pesca a remo, eles fazem muito sucesso mundo a fora.

Caiaques de pesca não estão entre os equipamentos para esporte mais baratos e geralmente demandam um investimento considerável. Por isso, a preocupação em acertar a compra de primeira é compreensível.

Em Orlando, nos Estados Unidos, cerca de 8 marcas de caiaques apresentaram esse ano modelos com propulsão a pedal.

No Brasil, entre lançados e anunciados, 6 marcas já estão correndo atrás da sua fatia de mercado com caiaques a pedal. Um feito incrível se compararmos o amadurecimento dos mercados Norte Americano com o nacional.

Veja os números aqui no Brasil:

caiaque de pesca a pedal

 

Impressionado? Você pode ver a lista completa de fabricantes e os tipos de caiaque que fabricam nesse artigo: QUAL CAIAQUE DE PESCA? GUIA COMPLETO EM 8 PASSOS.

E isso é ótimo para todos nós consumidores. Afinal de contas, quanto maior for o número de opções, mais bem servidos podemos estar. A dúvida na hora de escolher seu caiaque de pesca pode até aumentar, mas que dúvida boa, não?

Neste artigo, vamos fazer uma análise lógica, completa e fácil de entender sobre esse assunto que ainda renderá conversas em muitas pescarias por aí.

 

1. ERGONOMIA E BIOMECÂNICA (CALMA! É FÁCIL)

2. LIMITES DE DISTÂNCIA SEGUROS PARA CADA MODELO

3. VANTAGENS E DESVANTAGENS DE CADA TIPO

4. PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS (OI?)


Gostou do que está por vir? Então compartilhe com seus amigos pescadores de caiaque, para que eles estejam sempre atentos na hora da preparação para a viagem.

 


1. ERGONOMIA E BIOMECÂNICA

O nome pode assustar, mas vamos com calma!

Nesta parte, acreditamos que é muito importante você saber, que as diferenças para seu corpo, vão um pouco além de trocar as mãos pelos pés. Coisas que talvez não levamos em conta na hora de escolher nosso caiaque de pesca, mas depois de algum tempo de experiência fica muito claro.

 

GRUPOS MUSCULARES ENVOLVIDOSergonomia e biomecanica caiaque de pesca

Em um caiaque a remo, não é difícil encontrar pessoas dizendo que “é preciso muito braço” para navegar. Quando na verdade nossos braços não são o conjunto muscular mais solicitado. Aliás, se teve um lugar que não me lembro de sentir dores musculares, foram neles.

Quando utilizamos um caiaque a remo, exigimos muito a musculatura das costas, ombros, abdômen, tríceps e também das pernas. Procurei aqui, organizar os que mais são exigidos primeiro.

Já em um caiaque a pedal, deixamos nossos músculos dos membros superiores bem relaxados e damos um intenso trabalho às pernas. Outros que também são exigidos são abdômen e costas, esse último mais na região da lombar.

Considerando que as pernas contêm de 50 a 60% de toda musculatura do corpo humano, a lógica nos leva a acreditar que será mais fácil pedalar do que remar, certo? Mas ainda temos mais coisas a analisar antes de você dar seu veredito final.

 

REMO, PEDAL E MARMITA

marmita pescaria de caiaque
Ahhhhh… Aqueles que já pescaram comigo já pensaram no famoso nhoc, né!

Você sabia que sua escolha também afeta a quantidade de alimento necessário para que seu corpo consiga um bom desempenho durante uma pescaria de caiaque?

 

Vamos então fazer uma comparação…

Um carro 1.0 tem uma determinada potência. E o conjunto de diversos fatores vai determinar seu consumo de combustível.

Se optarmos, porém, por um carro 2.0 e usarmos a potência disponível, ele vai ter um desenvolvimento superior, e como consequência vai consumir mais combustível também!

Nesse caso, nosso motor 1.0, está em nosso grupo muscular que rema e nossas pernas são o motor 2.0.

A utilização de grupos musculares maiores, pode te dar mais velocidade e fazer você percorrer maiores distâncias. Para que você realize bem suas pescarias, é preciso estar atento e saber que sua necessidade de comida e água também aumentarão.

Para que você saiba um pouco mais do que é preciso para percorrer longas distâncias, leia este artigo que conta sobre uma pescaria épica: DIA DE RECORDE! PESCA DE CAIAQUE – 35KM EM ILHABELA.

 

REMO, PEDAL E SEU CANSAÇOcansasso caiaque de pesca

Dizer que o cansaço em um caiaque a pedal é bem menor do que um caiaque a remo é ser um pouco simplista.

Obviamente, quando pensamos em distâncias iguais para os dois tipos, é muito provável que essa afirmação se torne verdade.

Porém, essa questão passa por diversos fatores. É preciso considerar que, com um caiaque a pedal, você tende a se movimentar mais do que em um caiaque a remo e, como dito anteriormente, faz uso de músculos que demandam mais energia.

No final do dia, é muito provável que seu estado físico, seja muito próximo a de um pescador que utilize sistema de propulsão a remo.

 

DORES MUSCULARESdornas costas pesca de caiaque

Caso você não tenha alguma condição física que te cause dores, não é comum em nenhum dos dois tipos de caiaque de pesca que você as tenha.

A maioria dos problemas que envolvem dores musculares, estão diretamente ligados a postura durante o exercício de remar ou pedalar.

Aqui não iremos desenvolver esse assunto, pois foge muito ao tema. Fique apenas atento que, caso sua busca por um sistema de propulsão diferente, esteja ligado ao desconforto muscular durante a pescaria, procure antes a ajuda de pessoas mais experientes ou mesmo profissionais como fisioterapeutas para orientação. Uma simples correção de postura pode ser suficiente.

 

2. LIMITES DE DISTÂNCIA SEGUROS PARA CADA MODELO

caiaque de pesca a pedal

Esse é um fator muito importante na hora de planejar suas pescarias de caiaque. Afinal de contas, todos temos alguns limites. Alguns impostos por nossas embarcações e outros pelo nosso atual estado físico.

Além disso, precisamos explicar muito bem esse assunto para evitar polêmicas. As considerações feitas a partir de aqui, tem base em:

  • Boas condições de navegação;
  • Pessoas que não apresentam limitações físicas que envolva resistência ou força;
  • Condicionamento físico mediano, ou seja, estão de fora grande feitos de pessoas com excelentes habilidades específicas em seus caiaques de pesca.
  • A velocidade de cruzeiro estimada para os caiaques pode variar muito, pois depende do desempenho de cada pescador.
  • Vamos considerar também, velocidades médias com os atuais modelos presentes do mercado.

O que podemos dizer então, sobre “O que é uma distância segura a ser percorrida durante uma pescaria por esses dois tipos de caiaque?

 

Caiaque a remo

  • Velocidade média de cruzeiro entre 2 e 3 km/h;
  • Distância segura para pessoas sem condicionamento em torno de 3km do ponto de partida, ou seja, 6km ida e volta;
  • Distância segura para pessoas com bom condicionamento entre 5 e 6km do ponto de partida, ou seja, até 12km ida e volta.

 

Caiaque a pedal

  • Velocidades de cruzeiro variam entre marcas e modelos. No mercado atual encontramos um intervalo entre 4 e 7,5km/h.
  • Distância segura para pessoas sem condicionamento em torno de 6km do ponto de partida, ou seja, 12km ida e volta;
  • Distância segura para pessoas com bom condicionamento pode chegar até a 10km do ponto de partida, ou seja, 20km ida e volta.

 

3. VANTAGENS E DESVANTAGENS DE CADA MODELO

 

caiaque de pesca a pedal

A grande batalha, a comparação, o confronto final entre o remo e o pedal!

Então chegamos ao ponto que você tanto esperava, hein!

Apesar desse assunto estar longe de ser um Game of Thrones, muitas pessoas fazem ele parecer uma verdadeira guerra de certezas. E como na vida nem sempre é possível ganhar em tudo, vamos pensar sobre alguns aspectos de cada caiaque de pesca.

 

Vantagens do caiaque de pesca a remo

1. Mais silencioso: por não disporem de sistemas mecânicos e desenvolverem velocidades menores, na maioria das vezes ganham nesse quesito dos caiaques a pedal.

2. Podem ser mais leves: é possível encontrar modelos a remo a partir de 18kg no mercado nacional. Enquanto os cascos mais leves com sistema a pedal estão entre 27 e 30kg.

3. Navegam mais facilmente em águas de difícil acesso como entre galhadas, vegetação aquática densa ou ainda águas muito rasas.

4. Manutenção é resumida a lavar e deixar secar o casco. Simples, rápido e fácil.

5. Preço mais acessível: são geralmente escolhidos por pessoas que estão iniciando na modalidade e não querem arriscar alto.

 

Desvantagens do caiaque de pesca a remo

1. Menor velocidade desenvolvida.

2. Controlar vara com peixe e remo simultaneamente. Isso porquê, mesmo um peixe com cerca de 2kg consegue deslocar o caiaque durante uma briga.

3. Necessidade de alternar entre remo e vara várias vezes durante a pescaria para correção de posicionamento.

4. Seu tempo de deslocamento é dedicado exclusivamente a remar.

5. Limite menor de distância segura a ser percorrida em um dia de pescaria.

 

Vantagens do caiaque de pesca a pedal

1. A primeira e talvez maior de todas: Mãos livres para pescar! Essa será a provável primeira frase em qualquer artigo, vídeo ou qualquer outro local que veicular sobre esse modelo de embarcação. Isso porquê, quanto mais tempo de isca na água, maior as chances de pegar peixes.

2. Mais pontos de pesca podem ser explorados durante o dia. Com uma velocidade maior é possível explorar mais áreas, e talvez aumentar sua produtividade.

3. Te permitem pescar quando o clima não está tão bom assim. Por serem mais ágeis e dependerem de um grupo muscular mais forte, é possível encarar algumas situações que normalmente não conseguiríamos no remo. Mas, por favor: um caiaque a pedal não te dá permissão para colocar sua vida em risco. Prudência sempre!

4. É possível fazer inúmeras coisas enquanto se desloca de um ponto a outro: beber água, tirar fotos, desfazer a cabeleira da carretilha… enfim, mãos livres inclusive para imitar a Rose e o Jack em Titanic.

5. O corrico se torna mais efetivo com as velocidades superiores. Você pode até mesmo corricar com a vara em mãos, alternando movimentos de toque e sentindo tudo o que acontece com a isca.

 

Desvantagens do caiaque de pesca a pedal:

1. Mais cuidados são necessários com manutenção. Lavar e secar as partes metálicas além de ter sempre em mãos bons lubrificantes para as partes móveis.

2. Maior espaço para transporte e guarda de acessórios.

3. Preço mais alto em relação aos caiaques a remo. Enquanto os modelos a pedal têm preço inicial em torno de R$4.000,00, é possível adquirir modelos a remo a partir de R$1.500,00.

4. Em caso de quebras de algum sistema por incidente ou uso inadequado haverá custos extras com peças de reposição.

5. Apesar de ser improvável, caso aconteça alguma pane com seu sistema de pedal durante uma pescaria, os cascos desses caiaques geralmente têm baixo rendimento quando remados. Isso requer preparo e avaliação para redução de riscos.

 

E para complementar o assunto, conseguimos que alguns caiaqueiros experientes respondessem algumas perguntas para te ajudar a solucionar essa questão.

 


Mas antes, compartilhe com seus amigos pescadores de caiaque, para que eles estejam sempre atentos na hora da preparação para a viagem.


 

4. ENTREVISTAS COM REMADORES E PEDALEIROS

caiaque de pesca a pedal

Três amigos do Kayak Fishing Brasil gentilmente responderam algumas perguntas para ajudar a completar esse artigo.

 

Estevan Petrilli

O primeiro é nosso amigo caiaqueiro pescador e administrador do yakbrothers.br no instagram. Um dos perfis que mais ajuda a divulgar a modalidade no país.

Ele representa o grupo dos remadores e compartilhou com vocês algumas coisas.

 

A Entrevista

 

KFB: Estevan, há quantos anos você adquiriu seu primeiro caiaque de pesca?
Estevan: Pesco de caiaque há mais ou menos uns 4 anos.

KFB: Você começou a pescar com caiaque ou já pescava antes? O que te levou a iniciar na modalidade pesca de caiaque?
EstevanJá pescava antes. A mobilidade e a facilidade de chegar aos pontos de pesca que o caiaque proporciona me fizeram iniciar na modalidade! Sem contar o contato com a natureza que nos aproxima muito mais do que qualquer outra embarcação.

KFB: Quais caiaques você já teve e qual ou quais são seus atuais?
Estevan: Ja tive um Barracuda e atualmente pesco com um Caiman 100

 

Preferência por caiaque a remo

KFB: Estevan, você poderia dizer aos leitores do Kayak Fishing Brasil, o porquê da sua preferência em utilizar caiaques a remo?
Estevan: Acredito que apesar dos caiaques à pedal proporcionarem um conforto sem igual para a pescaria, a essência do caiaque é o remo! O ato de remar e ouvir o barulho que o mesmo faz na água, trás o que é o caiaquismo!

KFB: Você já pescou em caiaques a pedal? Quais a 3 principais diferenças entre remo e pedal para você?

Estevan: Sim! Facilidade de manobra dos caiaques à pedal é excelente, principalmente em pescarias de costeira, aonde as ondas empurram os caiaques para perto das pedras ou até mesmo o reboque do peixe. A velocidade dos caiaques à pedal é superior ao de remo. Grandes distâncias podem ser percorridas com caiaques à pedal, que cansam menos e são mais rápidos

 


Luis Gonzaga Filho

Mais um representante dos pescadores de caiaque que remam, esse simpático lobo do mar que rema há alguns anos em busca de vários troféus. Veja o que ele tem a compartilhar:

KFB: Sr. Luis, você pesca de caiaque há quantos anos?

Luis: Já pesco de caiaque há 3 anos.

KFB: Sabemos que você não começou a pescar com caiaque, ou seja, você já pescava antes. O que te levou a iniciar na modalidade?

Luis: Sempre pesquei de praia ou embarcado. Quando comprei meu primeiro caiaque de pesca foi pensando na liberdade de escolha dos locais de pesca e poder ir à qualquer hora e dia sem depender de ninguém.

KFB: Quais caiaques você já teve e qual ou quais são seus atuais?

Luis: Meu primeiro caiaque foi um Pinguim Fishing da Caiaker, depois comprei um Caiman 100 e depois um Caiman 125 fabricados pela Hidro2Eco. Atualmente tenho um caiman 125 e 135 (duplo) que utilizo quando a minha esposa quer ir pescar comigo.

 

Preferência por caiaque a remo

KFB: Luis, já pescamos juntos e conversamos sobre isso. Você poderia dizer aos leitores do Kayak Fishing Brasil, o porquê da sua preferência em utilizar caiaques a remo?

Luis: Comecei remando e me adaptei muito bem a modalidade, então acho que vou continuar remando. Até já pensei em caiaque a pedal, mas não é o momento, quem sabe depois dos 70 anos!

KFB: Você já pescou em caiaques a remo de algumas marcas. Quais a 3 principais diferenças entre remo e pedal?

Luis: As diferenças não posso te dizer com muita propriedade, pois pesquei um único dia com um caiaque a pedal e é muito pouco para uma opinião. Porém, posso te dizer que estou muito adaptado ao remo, e na minha experiência com pedal o que me marcou foi que me senti mais cansado do que usualmente.


Daniel Banzarin Ribeiro

Nosso terceiro entrevistado desse artigo, é o caiaqueiro pescador. Veja o que ele compartilhou com você.

KFB: Daniel, você pesca de caiaque há quantos anos?

Daniel: Comprei meu primeiro caiaque em 2012, aproximadamente. Então há 4 anos.

KFB: Sabemos que você não começou a pescar com caiaque, ou seja, você já pescava antes. O que te levou a iniciar na modalidade?

Daniel: Eu pescava nas pedras em costeiras junto com meu tio e me sentia preso, limitado a só chegar aonde meus arremessos alcançassem e não era muito longe (risos). Então um dia, em uma dessas pescas, vi um cara passar com um caiaque de pesca laranja e pensei: É isso! Ai está a solução.

KFB: Quais caiaques você já teve e qual ou quais são seus atuais?

Daniel: Meu primeiro caiaque eu comprei no impulso, nem pesquisei muito fui em uma loja e lá estava ele, um Pinguim, da Caiaker. Foi um caiaque de entrada, mas não tinha confiança de encarar o mar com ele. Depois comprei um Hunter Fishing da Brudden e fui pro mar, mas só fiquei na costeira. Porém, queria ir mais longe, e a essa altura já tinha lido tudo a respeito e decidi partir para um a pedal. Então realizei meu sonho e comprei um Hobie Outback 2014. Hoje tenho um Hobie Revolution 13, 2015.

Preferência por caiaque a pedal

KFB: Daniel, já pescamos juntos e conversamos sobre isso. Você poderia dizer aos leitores do Kayak Fishing Brasil, o porquê da sua preferência em utilizar caiaques a pedal?

Daniel: Por poder ir mais longe, explorar novos lugares que eu não conseguiria com os caiaques a remo. Não que não seja possível chegar a tais destinos com o remo, pois temos excelentes remadores soltos por aí, mas a segurança que o pedal traz e o menor esforço exigido aliado com o controle que você tem sobre a embarcação, pra mim foram fundamentais para fazer tal escolha.

Isso sem contar que ficar com as mãos livres para fazer outras coisas é algo que depois que você pedala não consegue mais ficar sem. Isso facilita muito a pesca. Por falar em pesca a possibilidade de corricar com mais eficiência é a cereja do bolo.

KFB: Você já pescou em caiaques a remo de algumas marcas. Quais a 3 principais diferenças entre remo e pedal?

Daniel:

1. Com pedal o esforço exigido é muito menor, tanto para atingir grandes distancias como para desenvolver boa velocidade;

2. Com pedal você vai mais longe. Consegue ir a muitos lugares em um dia de pesca só;

3. Com pedal você pode fazer outras coisas enquanto se desloca, pescar, comer, beber, etc.


 

CONCLUSÕES

Caiaque de pesca, no remo ou no pedal, é a nossa paixão!

 

Nada poderia ilustrar melhor o final desse artigo do que o slogan do Kayak Fishing Brasil! Muito se discute e muito se opina, mas no final, a decisão cabe a você pescador. Conhecer a si mesmo e como gosta ou gostaria de estar nessa nossa modalidade de pescaria é fundamental na hora da sua decisão.

Lembre-se de alguns pontos importantes:

 

PROJETOS DIFERENTES

Um caiaque de pesca projetado para uso com remo tem cascos diferentes de seus primos a pedal. Ou ao menos deveriam ter.

Pensar em comprar um caiaque a pedal para remá-lo e depois adquirir o sistema separadamente, deve ser muito bem conversado e pensado. Talvez sua melhor opção possa ser comprar um e depois partir para outro.

 

O QUE TE MOTIVA?

Diversos fatores nos levam a modalidade. Apesar de ser simplista, ao escrever esse artigo cheguei a seguinte conclusão:

  • Se você busca um caiaque para pesca e recreação, o sistema de pedal poderá te atender melhor.
  • Se você busca um caiaque para pesca e prática de exercícios, o remo talvez seja sua opção mais interessante.

Isso não quer dizer que não há esforço físico em caiaques a pedal. Mas como disse, é uma análise simplista e serve como mais um ponto dentre tantos que podem ser avaliados.

 

A MELHOR SOLUÇÃO

Para tirar realmente toda e qualquer dúvida, fica novamente aqui a dica do teste drive. A pesquisa na internet e conversa com praticantes da pesca com caiaque ajuda. Mas nada mais interessante do que testar a maior quantidade possível de caiaques.

E para finalizar, compartilhe este artigo memorável com seus amigos. Acredito que será bem útil para eles e vocês podem tomar a próxima decisão juntos!

Seguir Rafael Renzetti:

Engenheiro e Pescador de modalidade embarcado em caiaque, em rios e no mar, quer ajudar você fazer a pescaria dos seus sonhos com o melhor equipamento, técnica e outras dicas importantes.

Últimos Posts de

4 Respostas

  1. Milton
    | Responder

    Cara, nem sei o que dizer. Muito, mas MUITO OBRIGADO MESMO por esse excelente artigo. Muitas dúvidas que eu tinha foram solucionadas em uma só página e isso não tem preço. E por falar em preço, agora só me falta o $$$ pra eu comprar meu primeiro caiaque (sim, a pedal, pois meus 42 anos, e com 6 hérnias de disco, me desestimulam a arriscar remar, rsrsrs).

    Via longa!!!

    • Rafael Renzetti
      | Responder

      Como descrever a motivação ao sentar na cadeira em frente ao computador para iniciar um novo artigo e dar de cara com um comentário como o seu?

      Agradeço de coração!

      Te enviei um e-mail para tirar suas dúvidas.
      Abraço

  2. Paulo Henrique Maia Simões
    | Responder

    Grande matéria. Pescar de caiaque é tudo de bom, não importa se a remo ou pedal mas sim o contato com a natureza. Costumo dizer que pesca com caiaque é estilo de vida, já tive um hunter fishing e um caiman 100 hoje tenho um leader power drive, estou muito satisfeito. O sistema a pedal com certeza vai facilitar minha vida nas pescarias, podendo assim chegar a vários pontos num mesmo dia coisa que antes era impossível. Comprei o leader com intenção de usar motor à combustão, após ler essa matéria chego á conclusão que devo mesmo usar o pedal. Parabéns pela matéria, com certeza outros poderão também esclarecer suas dúvidas.
    Grande abraço!

    • Rafael Renzetti
      | Responder

      Obrigado pelo comentário Paulo Henrique.
      Você fez a escolha correta sobre não instalar motor à combustão, mesmo porque isso implicaria em registrar a embarcação e emissão da sua arrais amador.
      Boas pescarias!

Deixe uma resposta